Argentino se vinga e arrasa Bellucci na Espanha

Portal Terra

MADRI - Campeão do ATP 250 de Santiago diante de Juan Mónaco, Thomaz Bellucci esteve longe de repetir o resultado no Masters 1000 de Madri. Em apresentação muito ruim, o brasileiro foi dominado pelo argentino, que venceu com um duplo 6/2 para chegar às oitavas de final.

» Ivanovic dá vexame no saque

» Federer passa por estreia

» Brasil encara Índia na Davis

» Siga o Terra Esportes no Twitter

Como participou do Zonal Americano da Copa Davis contra o Uruguai no último fim de semana, Bellucci pode alegar cansaço, visto que dois dias depois já estava em quadra na Espanha. Na última terça-feira, ele já havia encontrado dificuldades contra o local Pere Riba, batido por 7/6 (7-5) e 6/1.

Contra Mónaco, os problemas só aumentaram. Depois de desperdiçar um break point logo no primeiro game, o brasileiro levou um passeio em apenas 1h11. Ele conseguiu quebrar o serviço do argentino, que não costuma brilhar no fundamento, somente uma vez em quatro oportunidades na partida.

Por outro lado, Bellucci, de 1,87 m, mal conseguiu se impor, acertando 50% dos primeiros saques. Com um ace e quatro duplas-faltas, o tenista cedeu 13 break points, dos quais seu rival aproveitou cinco. No total de pontos, ele ganhou 41 dos 102 disputados.

Número 27 do mundo, Mónaco conseguiu uma esperada revanche sobre Bellucci (26), que havia vencido por 6/2, 0/6 e 6/4 na final do ATP 250 de Santiago, em fevereiro passado.

De novo no saibro, o argentino se destacou desta vez e ultrapassará o brasileiro no ranking caso passe pelas oitavas de final em Madri, onde enfrenta o sueco Robin Soderling ou o espanhol Nicolás Almagro.