Maradona é acusado de conspiração e deixa Argentina em crise

Portal Terra

BUENOS AIRES - Alfito Basile, filho do ex-treinador da seleção argentina Alfio Basile, acusou via twitter o atual técnico Diego Maradona de conspiração e obteve uma resposta por carta.

Segundo o jornal Olé, Alfito disse que o ex-camisa 10 do Boca Juniors é um conspirador, que chamou aos jogadores e insinuou que seria o próximo treinador da Argentina - isso quando seu pai ainda estava no comando.

Maradona respondeu pela imprensa dizendo que isso está bem longe da realidade, que seus elogios e críticas para a seleção sempre foram públicos e que tudo que ele quer é que a Argentina esteja bem.

Depois disso Carlos Dibos defendeu Alfito. O preparador físico - membro da comissão técnica de Basile - afirmou que o que ele disse é o que todo mundo sabe e que eles viram coisas "muito estranhas". O ex-treinador da Argentina ainda permanece calado sobre o assunto.

Os argentinos estréiam no dia 12 de junho, contra a Nigéria. Além dos dois países, Coréia do Sul e Grécia também brigarão pelas duas vagas do Grupo B nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2010.