Dunga é assediado em café antes de anúncio da convocação

Renato Pazikas, Portal Terra

RIO DE JANEIRO - Se a ansiedade é bem grande para os torcedores brasileiros que aguardam os nomes dos convocados para a Copa do Mundo, o mesmo não acontece com o técnico da Seleção Brasileira, Dunga.

Com um semblante calmo, aparentando tranquilidade, o treinador chegou pouco antes das 9h no Windsor Hotel, local onde às 13h (horário de Brasília) divulgará a relação de jogadores que irá disputar o Mundial na África do Sul.

Dunga sentou sozinho em uma mesa do restaurante do hotel para tomar o café da manhã e foi assediado por alguns hóspedes que queriam uma foto ao lado do treinador ou um autógrafo do capitão do tetracampeonato mundial em 1994.

A presença de torcedores fazendo lobby para algum jogador ser convocado, como Ronaldinho ou a dupla santista Neymar e Ganso, ainda é nula. Em compensação, dentro do centro de eventos do hotel, onde Dunga irá anunciar a convocação, o movimento de jornalistas é intenso. Todos já se posicionam para esperar a lista de 23 atletas.