CBF ameaça excluir sedes de 2014 por atrasos em obras, diz jornal

Portal Terra

SÃO PAULO - Em reunião com os representantes das 12 cidades que vão abrigar jogos da Copa do Mundo de 2014, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deixou claro o seu temor com os atrasos nas obras e ameaçou excluir algumas das sedes do Mundial que ocorrerá no Brasil. De acordo com o que o jornal Folha de S. Paulo divulgou nesta terça-feira, o presidente da entidade, Ricardo Teixeira, está descontente com a demora para iniciar as reformas nos estádios do País e já cogita fazer "cortes" caso o cenário não mude nos próximos dias.

Insatisfeito com os atrasos, Teixeira pediu agilidade e ameaçou excluir a partir do segundo semestre algumas das cidades na realização da Copa das Confederações, evento que serve como teste para o Mundial e ocorrerá em junho de 2013. Para garantir o direito de realizar o torneio, as arenas terão que estar prontas em dezembro de 2012, mas as garantias devem ser dadas pelos municípios até o final de junho, com pena de perder o direito de realizar a Copa. Excluídos inicialmente, Goiânia e Belém podem ser beneficiadas pela demora e serem incluídas no projeto, segundo o jornal.