Juventus pede que título de 2006 fique vago

Agência AFP

ROMA - A Juventus pediu nesta segunda-feira oficialmente às instituições esportivas que deixem vago o título de campeão italiano de 2006, um troféu que foi retirado dos turineses devido aos escândalos de partidas fraudadas antes de ser atribuído ao Inter de Milão.

Em um comunicado de imprensa, a Juventus explicou que este pedido se deve às revelações feitas nas últimas semanas no processo penal 'Calciopoli', que está sendo realizado em Nápoles, após a divulgação de conversas por telefone entre os dirigentes do Inter e representantes dos árbitros.

O Inter tinha sido o único clube grande não envolvido no escândalo que eclodiu em 2006.

Na época, milhares de escutas telefônicas haviam revelado que vários diretores de clubes, da Federação, em particular os encarregados de designar os árbitros, tinham participado de armações em dezenas de partidas a favor da Juventus.

O 'Calciopoli' gerou punições por parte da justiça esportiva em 2006. A 'Juve' caiu para a Série B, com 9 pontos de penalidade, enquanto Fiorentina, Reggina, Milan e Lazio conseguiram permanecer na Série A, mas também com perdas de pontos.