Os freios se despediram de mim, brinca Vettel

Portal Terra

DA REDAÇÃO -

Sebastian Vettel largou na segunda posição do Grande Prêmio da Espanha e chegou a sonhar com a vitória na largada ao ameaçar Mark Webber. Depois disso, viveu uma série de problemas, especialmente no freio de sua Red Bull, fazendo com que a terceira posição ao final fosse motivo de comemoração.

Devido aos problemas de freio, Vettel chegou a escapar da pista na 34ª volta, embora tenha conseguido retornar. Como precaução, ele parou logo em seguida para trocar os pneus, buscando ganhar aderência, o que o fez ser ultrapassado por Fernando Alonso.

"Muitas coisas aconteceram de forma errada", disse o alemão, na entrevista oficial da Fórmula 1 logo após a corrida. "Acho que os freios do carro do lado esquerdo simplesmente se despediram de mim. Nesse ponto de vista foi horrível".

Antes de perder a posição para Alonso, Vettel já havia sido superado também por Lewis Hamilton na 18ª volta. "Tivemos uma dificuldade de equilíbrio no carro, o que fez com que tivéssemos que ficar um tempo a mais nos boxes", afirmou o piloto da Red Bull, lembrando que o inglês foi beneficiado pela velocidade no pit stop da McLaren.

Na antepenúltima volta, porém, Hamilton viu o pneu dianteiro esquerdo de seu carro estourar, o que deu um pódio a Vettel que já não era mais esperado. "É muito bom pontuar. Eu e o Mark tínhamos 50% de chances de vencer, e ele foi muito bem hoje (domingo)", resumiu o jovem, que com 60 pontos é o terceiro colocado do Mundial, a dez do líder Jenson Button.