Colado na Renault, Barrichello celebra corrida de recuperação

Portal Terra

DA REDAÇÃO -

Decepcionante no treino classificatório para o Grande Prêmio da Espanha, Rubens Barrichello se destacou durante a prova. Em uma corrida de recuperação, o brasileiro saiu da 17ª para terminar na nona colocação, resultado classificado como ¿bom¿ por ele, que ainda celebrou ao considerar o rendimento da Williams parecido ao da Renault, equipe que já conseguiu até um pódio em 2010.

Na verdade, Barrichello esperava que pudesse ir ainda um pouco mais longe no fim. Com um "ritmo forte o suficiente para disputar com a Renault e a Force India", ele acredita que um problema de pneu nas últimas cinco voltas o impediu de se aproximar de Adrian Sutil e Robert Kubica, que terminaram respectivamente em sétimo e oitavo. ¿Não fosse isso, teria terminado mais próximo dos pilotos que estavam em minha frente¿, disse.

Em Barcelona, o brasileiro pontuou pela terceira vez na temporada, enquanto o outro piloto da Williams, o alemão Nico Hulkenberg, terminou na modesta 16ª posição.

No geral, o resultado não foi o melhor de Barrichello em toda a temporada, visto que havia sido o oitavo melhor na etapa da Austrália. O rendimento da Espanha, porém, foi até superior àquele. ¿Após a decepção do sábado, este é um bom resultado. Tivemos uma grande largada, o que me permitiu ultrapassar cinco carros¿, afirmou ele, lembrando que ao fim da primeira volta já ocupava o 12º lugar da prova.