Desfalcado, Fluminense abre o Brasileiro em Fortaleza

Da redação, Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - O Fluminense começa sua caminhada no Campeonato Brasileiro sonhando com uma conquista que não vem há 26 anos. Para isso, se escora nos nomes de Fred, Conca e Muricy Ramalho para brigar na parte de cima da tabela. Depois da arrancada histórica para fugir do rebaixamento no ano passado, o clube planeja objetivos mais nobres.

Para a estreia de hoje, contra o Ceará, às 18h30, no Estádio Castelão, o tricolor não terá um de sues pilares. O artilheiro Fred ainda se recupera da cirurgia de apendicite e não estará em campo. Fazer o time jogar as primeiras rodadas sem seu principal jogador será mais um dos desafios do técnico Muricy.

Fred faz muita falta. Fica difícil administrar a falta de um talento, de um goleador como ele. Claro que dentro das possibilidade a gente faz o melhor, mas substituir um craque como o Fred é difícil. Nesse caso é preciso que a parte coletiva sobressaia disse Muricy.

Reforços de peso ainda são aguardados para que o time tenha chance de cumprir seu objetivo. Até o momento chegaram apostas como Leandro Teixeira, Gerson, Adriano e Rodriguinho. O objetivo inicial é somar o maior número de pontos possível nas sete rodadas antes da paralisação para a Copa do Mundo, quando Muricy terá maior tempo para implantar sua filosofia e entrosar os reforços.

A paralisação para a Copa vai ser boa para conhecer melhor o elenco e os jogadores que vão chegar. Vamos poder fazer um treinamento forte, uma mini pré-temporada e voltar bem para a segunda parte explicou o técnico.

O jogo de hoje é o primeiro passo para reafirmação da equipe. Depois da campanha decepcionante no Estadual, o tricolor acabou eliminado da Copa do Brasil com duas derrotas para o Grêmio.

Precisamos ter um bom aproveitamento nestes sete primeiros jogos antes da Copa. Assim teremos tranquilidade na volta. Para isso, vencer fora de casa é importante, mas temos que ter tranquilidade para começar bem o campeonato. Podemos ir lá e trazer um bom resultado. É importante para dar confiança afirmou o zagueiro Gum.

O goleiro Rafael é outro a destacar a importância de começar bem a competição.

O Brasileiro é longo e não podemos dar mole no início. Vamos tirar como exemplo a arrancada do ano passado e junto do Muricy trabalhar forte para ganhar o título. Uma arrancada desde o início é muito importante.

O lateral-direito Mariano prevê dificuldades na estreia. Ele lembra que o adversário acabou de subir para a Série A e vem muito motivado junto aos torcedores.

Ceará tem força no Castelão, diante de sua torcida fanática e está de volta à Série A. Com certeza, a equipe quer mostrar sua qualidade neste retorno. Será difícil, mas temos condições de vencer. Será um bom jogo, aberto e muito disputado. Creio que quem errar menos terá mais chance de vencer analisou o jogador.