Campeão da Série B, Vasco reestreia na elite diante do Atlético-MG

Da redação, Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - De volta ao lugar que merece, o Vasco recomeça sua história na elite do futebol brasileiro, hoje, contra o Atlético-MG, às 16h, no Mineirão. Com uma campanha muito irregular nesta temporada, o time de São Januário é uma incógnita para a principal competição do país.

O time que estreia hoje tem muitos remanescentes da campanha do título da Série B. Fernando Prass, Ramon, Nilton, Souza, Magno, Philippe Coutinho e Élton são alguns deles. A principal mudança está na zaga, onde apenas o goleiro e o lateral-esquerdo se mantiveram nesta temporada.

É uma pressão boa desta vez, voltar a enfrentar adversários do mesmo nível. Somos um time mais técnico e mais experiente em relação ao do ano passado analisou Ramon.

O técnico Gaúcho tem problemas para enfrentar o campeão mineiro. O capitão Carlos Alberto se recupera de uma tendinite no joelho direito e, sendo assim, Dodô ganha nova chance no ataque, ao lado de Élton. O lateral-direito Élder Granja está com uma contratura na panturrilha esquerda e o treinador improvisará o volante Paulinho na posição. O restante do time é o mesmo que derrotou o Vitória (3 a 1) no meio de semana pela Copa do Brasil.

Gaúcho espera que Dodô assuma a responsabilidade e aproveite a nova chance que lhe está sendo dada.

O Dodô tem um grande potencial técnico e está sendo dada a oportunidade de ele mostrar tudo o que sabe. O bola está com ele disse o técnico vascaíno.

Ao ataque no Mineirão

O resultado de 3 a 1 sobre o Vitória não foi suficiente para o Vasco garantir vaga na semifinal da Copa do Brasil, mas serviu para Gaúcho encontrar o melhor jeito de a equipe jogar. Abrindo mão dos três volantes, o time pressionou o adversário e criou boas chances de gol. É esse estilo ofensivo que o treinador quer manter no Campeonato Brasileiro.

O time mostrou força contra o Vitória. Há muito tempo que não via o Vasco assim, jogando em cima do adversário. Demora um pouco até o treinador ver como cada atleta gosta de jogar. Queremos colocar essa maneira de jogar em todas as partidas. Ainda não estou legal por causa da eliminação, mas por outro lado estou feliz de ver a equipe funcionando bem. Por que não manter isso? colocou.

Ramon concorda com o comandante e disse que o Vasco deve manter a postura de time grande, buscando sempre o ataque e as vitórias na competição.

Uma equipe que pensa em título, tem que jogar sempre para frente. Temos que começar assim sempre, assim como fizemos contra o Vitória. A chance de vencer aumenta afirmou o lateral.