Sem brilho, Bellucci vence e deixa Brasil perto da repescagem

Portal Terra

SÃO PAULO - Thomaz Bellucci nem precisou brilhar para deixar o Brasil muito perto da repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis. Pelo Zonal Americano da competição, o País abriu 2 a 0 sobre o Uruguai graças à vitória de seu melhor tenista, que ganhou de Martín Cuevas, apenas o número 853 do mundo, em sets diretos de 6/4, 6/3 e 6/2 nesta sexta-feira.

Com esse resultado, os brasileiros precisam de apenas mais uma vitória nos três jogos restantes para confirmar a vaga na repescagem, fase que pode recolocar a equipe nacional na elite do tênis após sete anos de ausência.

Apesar do êxito, Bellucci não apresentou um grande rendimento nesta sexta. Irregular, ele realizou uma partida relativamente equilibrada nos dois primeiros sets embora seu jovem rival, 18 anos, ostente um posicionamento muito modesto no ranking.

Irregular, o paulista, atualmente o número 26 do mundo, contou ainda com a inexperiência do adversário para vencer. Muito cansado no terceiro set, Cuevas, que no total cometeu incríveis 15 duplas-faltas, foi presa fácil para o favorito.