Em jogo polêmico, Universidad marca no fim e reencontra Fla

Portal Terra

DA REDAÇÃO - A Universidad do Chile sofreu, mas avançou às quartas de final da Libertadores ao empatar por 2 a 2 com o Alianza Lima nesta quinta-feira, em casa. Na próxima fase, os chilenos reencontrarão o Flamengo.

Depois de abrir boa vantagem com o triunfo por 1 a 0 no Peru, a Universidad passou por momentos de dramaticidade e saiu em desvantagem no marcador após um lance polêmico.

Aos 25min do primeiro tempo, Fernández desviou cruzamento de Aguirre e Pinto saltou para defender. O árbitro, porém, considerou que a bola já tinha entrado quando o goleiro a espalmou.

O gol do empate e da classificação da Universidad só viria aos 17min da etapa final, através de Vargas, que só teve o trabalho de desviar para as redes após grande jogada de Victorino.

No entanto, quando tudo parecia definido, Montaño avançou em velocidade e tocou para Fernández marcar seu segundo gol da partida e silenciar o Estádio Monumental do Chile aos 41min.

Mas ainda havia tempo para emoção. Aos 46min, Seymour acertou chute de fora da área e empatou novamente. O auxiliar apontou impedimento no lance (dois jogadores estavam em posição irregular mas não participaram da jogada). O árbitro, porém, validou o gol.

Os peruanos ficaram inconformados, cercaram o juiz e obrigaram a entrada do policiamento no gramado. Após mais de 15 minutos de paralisação, o jogo foi retomado, mas o Alianza não evitou a eliminação.

Rivais nas quartas, Flamengo e Universidad se enfrentaram duas vezes pelo Grupo 8 da primeira fase da Libertadores. Os chilenos venceram em casa (2 a 1) e arrancaram empate por 2 a 2 no Maracanã.