Dirigente diz que equipe de Bruno Senna merece

Portal Terra

ESPANHA - Depois de quatro corridas na Ásia, a Fórmula 1 chega à Europa para uma sequência de três provas, a começar pelo GP de Barcelona deste domingo. O período de três semanas entre o GP da China e o deste final de semana serviu para a Hispania, equipe do brasileiro Bruno Senna, fazer ajustes. O proprietário da escuderia, José Ramón Carabante, está otimista com o desenvolvimento da escuderia e disse que a equipe merece "quase nota dez".

Apesar da demora na chegada dos carros vindos da China por causa da poluição atmosférica, o dirigente afirmou ao site espanhol Sport que o trabalho de engenharia tem sido bem feito, tendo ênfase na parte aerodinâmica.

No entanto, Carabante sabe que a Hispania ainda está longe de pontuar. A melhor colocação da equipe até agora foi um modesto 14° lugar com Karun Chandhok na Austrália. Para o dirigente, a escuderia deverá alcançar o pico na temporada no GP da Turquia, no final do mês.

O dirigente também se mostrou animado com austríaco Christian Klien, que chega para ser piloto reserva. Carabante acredita que a experiência do piloto pode auxiliar no desenvolvimento do carro.

Por fim, José Ramón Carabante disse que a equipe está buscando localizar um autódromo para testar os carros na região de Murcia, na Espanha, sede da escuderia.