São Paulo tem retrospecto invicto contra Universitario

Portal Terra

SÃO PAULO - O São Paulo se prepara para enfrentar o Universitário pela terceira vez na história, com retrospecto bastante positivo. Nos dois confrontos disputados até aqui, o time brasileiro conseguiu uma vitória e um empate, segundo o site oficial do clube.

O primeiro confronto aconteceu no dia 4 de novembro de 1945, em partida amistosa disputada no Estádio Municipal de Lima. Mesmo como visitante, a equipe da capital paulista goleou por 5 a 1, com atuação destacada de Teixeirinha, que marcou três gols. Sastre e Remo, ídolos da época, completaram o placar.

Naquela ocasião o São Paulo foi a campo com Gijo (King); Piolim e Armando Renganeschi (Virgílio); Bauer (Armando), Ruy e Jacó; Rubén Barrios, Antonio Sastre, Leônidas (Antoninho), Remo e Teixeirinha (Américo).

O segundo jogo também foi disputado em Lima, mas desta vez no Estádio Nacional. O duelo contra o Universitário marcou o encerramento de uma excursão por Peru e Equador e terminou empatado por 2 a 2. Dino Sani e Maneca marcaram pelo São Paulo.

Comandado por Vicente Feola, assim como no primeiro confronto 14 anos antes, o clube foi a campo com José Poy; Ademar, De Sordi e Riberto; Dino Sani e Victor; Cláudio (Silvio), Neco (Roberto), Gino Orlando, Bibe (Maneca) e Canhoteiro.

Na próxima quarta-feira, os dois times se enfrentarão pela primeira vez em um torneio oficial. Brasileiros e peruanos dividem a marca de melhores defesa da primeira fase da Libertadores, ao lado do Internacional, com apenas dois gols sofridos em seis jogos.