Luta contra malária usará futebol como ferramente de conscientização

JB Online

DA REDAÇÃO - Criada pelo casal Bill e Melinda Gates, a fundação United Against Malaria aproveitou a proximidade da Copa Mundial na África do Sul e escolheu o futebol, esporte mais popular do mundo, como ferramenta para conscientização e combate à malária.

Ações acontecerão nos jogos amistosos em Mali, Tanzânia, Gana, Costa do Marfim, Nigéria, Zâmbia e Uganda que ocorrerão neste sábado, dia 24, e no domingo, dia 25. O fim de semana foi escolhido já que nele ocorre o Dia Mundial da Malária.

Com participação de grandes personalidades do futebol os jogadores do gabarito de Frederic Kanouté e Roger Milla, além de autoridades do mundo do futebol como o presidente da Fifa, Joseph Blatter, e o presidente do Barcelona, Joan Laporta vão apoiar a causa da fundação e participar de conferências sobre a doença para difundir o combate e prevenção.

O principal objetivo da fundação United Against Malaria é cumprir com a meta proposta pela ONU de acabar com as mortes por causa da malária até 2015.