Dirigente do Milan deixa renovação nas mãos de Leonardo

Portal Terra

ITÁLIA - O vice presidente do Milan, Adriano Galliani, colocou fim as especulações que cercavam a saída do técnico Leonardo do clube. Durante a reunião com os sócios para aprovação das contas de 2009, o dirigente afirmou que a renovação com o brasileiro depende apenas dele próprio, segundo os jornais italianos.

Galliani disse que o objetivo atual do clube é terminar o Campeonato Italiano nas três primeiras posições e conquistar a vaga direta à Liga dos Campeões da Europa, para depois negociar com Leonardo e tentar convencê-lo.

As especulações envolvendo a saída das principais estrelas da equipe, como Alexandre Pato, Ronaldinho Gaúcho e Thiago Silva, foram negadas pelo dirigente, que pretende fazer um time forte para a próxima temporada.

Indagado durante a reunião por um sócio de o Milan contrataria o atacante Mario Balotelli, Galliani preferiu não se pronunciar sobre o possível interesse no jogador da rival Inter de Milão e respondeu apenas que o jogador é milanista.

Para o próximo jogo contra o Palermo no final de semana, o técnico Leonardo precisou convocar cinco jogadores da equipe 'primavera', devido ao grande números de desfalques.