Reis da Espanha assistem a funeral de Juan Antonio Samaranch

Agência AFP

BARCELONA - Os reis da Espanha estiveram presentes nesta quinta-feira no funeral do ex-presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) Juan Antonio Samaranch, cujo corpo foi levado para a catedral de Barcelona nos ombros de famosos esportistas e ex-atletas espanhóis.

O caixão de Samaranch, falecido na quarta-feira após uma parada cardiorrespiratória, esteve desde às 12H00 local (07H00 de Brasília) até pouco depois das 17H00 local (12H00 de Brasília) na sala de Sant Jordi do Palau de la Generalitat, sede do governo regional catalão, por onde passaram milhares de pessoas para darem seu último adeus.

O féretro, coberto com a bandeira olímpica, foi transportado para a catedral de Barcelona por famosos atletas e ex-atletas espanhóis, respeitando uma das últimas vontades de Samaranch.

O tenista espanhol Rafael Nadal, campeão olímpico em Pequim 2008, a nadadora Gemma Mengual, ganhadora também de duas medalhas de prata na capital chinesa, o ex-jogador de Water Polo Manuel Estiarte, a ex-tenista Arantxa Sánchez Vicario e o regatista José Luis Doreste foram algumas das personalidades que se revezaram para percorrer os cerca de 300 metros entre a sede do governo catalão e a catedral.

A breve, mas lenta marcha do caixão, ocorreu em meio a um silêncio sepulcral, quebrado apenas na chegada à escadaria da Catedral por um estrondoso aplauso do público, que se reuniu nas portas da igreja de Barcelona.

O cardeal-arcebispo de Barcelona, Lluís Martínez Sistach, celebrou a missa fúnebre, assistida por muitos representantes do mundo da política e do esporte, incluindo os reis da Espanha, Don Juan Carlos e a princesa Sofía, que eram grandes amigos de Samaranch.