Inter faz 3 a 0 no fim e escapa de Cruzeiro nas oitavas

Portal Terra

PORTO ALEGRE - Precisando da vitória para ultrapassar o Deportivo Quito no confronto direto pela liderança do Grupo 5 da Copa Libertadores, o Internacional não encontrou problemas nesta quarta-feira, e conseguiu uma tranquila vitória por 3 a 0 no Beira-Rio. Os gaúchos dominaram toda a partida e não foram ameaçados em nenhum momento pelos equatorianos, garantindo a classificação. O gol de Giuliano no final salvou a equipe de um cruzamento com o Cruzeiro já nas oitavas de final.

Com o resultado desta quarta, o Inter chegou a 12 pontos e terminou com a sexta melhor campanha entre os líderes das chaves. Assim, enfrentará na próxima fase o Banfield (ARG), que foi o terceiro melhor entre os segundos colocados.

O Inter começou em cima do Deportivo e abriu o placar logo de cara. Aos 4min, Andrezinho recebeu na área em cobrança rápida de escanteio e bateu cruzado para acertar o ângulo do goleiro Ibarra e fazer um golaço. Com a vantagem no marcador, o time da casa passou a controlar a posse de bola, buscando uma chance de ampliar.

Aos 18min, Nei fez boa jogada pela direita e chutou forte; Ibarra deu rebote, mas a defesa equatoriana afastou o perigo. Com 28min, foi a vez de Alecsandro cabecear para fora, com perigo. A pressão colorada continuou: aos 34min, Walter invadiu a área e cruzou para Alecsandro, que desviou de letra para grande defesa do goleiro.

O camisa 9 do Internacional ainda teve mais duas chances de marcar, em cabeçadas aos 43min e 45min, mas, apesar do amplo domínio, o primeiro tempo acabou com a equipe da casa liderando por apenas um gol. Acuado, o Deportivo Quito apelava para faltas e foi para o intervalo com quatro jogadores pendurados com o cartão amarelo.

Os visitantes tentaram melhorar no segundo tempo com Donoso e Castro nos lugares de Pirchio e Esterilla, e assustaram logo aos 2min, em chute de longe de Arroyo que o goleiro argentino Abbondanzieri se atrapalhou para defender. Porém, o Inter logo assumiu o controle e chegou ao ataque aos 8min, com chute cruzado de Guiñazu que Ibarra espalmou para escanteio.

Aos 15min, os comandados de Jorge Fossati aumentaram a vantagem. De pé direito, Kléber cruzou para a área e Bolívar cabeceou com estilo no canto para fazer 2 a 0. Mesmo precisando empatar para se classificar, o time de Quito continuou acuado em campo. Aos 18min, Walter fez grande jogada pela direita, passando por quatro marcadores, mas a defesa afastou o cruzamento.

O goleiro Ibarra teve que trabalhar novamente aos 30min e aos 32min, em chutes de Andrezinho e D'Alessandro. Aos 43min, Edu, que havia acabado de entrar no lugar de Walter, foi expulso pelo árbitro paraguaio Carlos Amarilla após chegar atrasado em lance com o goleiro Ibarra. Mesmo com um a menos, porém, Giuliano fez um golaço nos acréscimos em jogada individual para fechar o placar e tirar o Cruzeiro do caminho colorado.

FICHA TÉCNICA

Internacional 3 x 0 Deportivo Quito

Gols

Internacional: Andrezinho, aos 4min do 1º tempo; Bolívar, aos 15min, e Giuliano, aos 48min do 2º tempo

Ponto Forte do Internacional

Domínio da posse de bola e facilidade para chegar à área adversária

Ponto Forte do Deportivo Quito

Boas defesas do goleiro Ibarra, que evitou um placar mais elástico

Ponto Fraco do Internacional

Erros de finalização, principalmente com Alecsandro

Ponto Fraco do Deportivo Quito

Postura recuada no meio de campo e ausência de força ofensiva

Personagem do jogo

Giuliano, que livrou o Inter de um cruzamento precoce com o Cruzeiro com um golaço no fim do jogo

Lance bizarro

Jogada de Nei aos 42min do primeiro tempo, em que o lateral pedalou várias vezes para cima da marcação e deu um cruzamento totalmente sem direção para a linha de fundo

Esquema Tático do Internacional

4-4-2

Abbondanzieri; Nei, Bolívar, Sorondo e Kléber (Fabiano Eller); Sandro, Guiñazu, Andrezinho (Giuliano) e D'Alessandro; Walter (Edu) e Alecsandro. Técnico: Jorge Fossati

Esquema Tático do Deportivo Quito

3-5-2

Ibarra; Hurtado, Caicedo e Esterilla (Castro); Checa, Minda, Saritama (Niell), Arroyo e Mina; Borghello e Pirchio (Donoso). Técnico: Rubén Darío Insúa

Cartões amarelos

Internacional: Sandro, D'Alessandro e Andrezinho

Deportivo Quito: Borghello, Minda, Esterilla, Arroyo e Saritama

Cartão vermelho

Internacional: Edu

Árbitro

Carlos Amarilla (PAR)

Local

Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

Público

31.360