Hamburgo e Fulham empatam e levam decisão para a Inglaterra

Portal Terra

ALEMANHA - Na partida de ida das semifinais da Liga Europa, disputada nesta quinta-feira, Hamburgo e Fulham não sairam do 0 a 0 na Alemanha. Com isso, nenhuma das equipes entra com vantagem na decisão do finalista, que acontecerá na partida de volta na Inglaterra, na próxima quinta-feira. Em caso de novo empate sem gols, a vaga será decidida nas cobranças de penalidades.

Jogando em casa, o Hamburgo foi para cima e pressionou o adversário. O atacante holandês Ruud van Nistelrooy, de 33 anos, era um dos principais jogadores da equipe, mas não encontrou seu melhor posicionamento e ficou muitas vezes em impedimento. Do outro lado, os londrinos apostavam nas jogadas de velocidade do húngaro Zoltán Gera, que completou 31 anos e era o jogador de ataque mais perigoso da equipe inglesa.

Quem também estava ligado no jogo foi o goleiro australiano Mark Schwarzer, de 37 anos, que foi bastante eficiente defendendo a meta do Fulham. Já seu companheiro de posição, Frank Rost, teve pouco trabalho e foi eficaz toda vez que necessário.

Já no segundo tempo, o Hamburgo atacou durante o tempo todo, mas a alta defesa do Fulham trabalhava bem. Trochowski, Pitroipa e Aogo eram muito bem municiados pelo brasileiro Zé Roberto e apareciam como ótimas opções de ataque. Já o técnico Roy Hodgson sacou o centroavante Zamora, lesionado, para colocar o meia norte-americano Clint Dempsey para ter mais qualidade e velocidade no contra ataque.

Mesmo após grande pressão do Hamburgo, o Fulham conseguiu segurar o resultado e irá decidir em casa. Novo empate sem gols leva a partida para prorrogação e depois pênaltis. Igualdade com gols classifica os alemães e quem vencer terá uma vaga na decisão, que será realizada na HSH Nordbank Arena, casa do Hamburgo.