González dá vexame e perde para 161 do mundo; espanhóis avançam

Portal Terra

BARCELONA - Ex-número cinco do mundo e atualmente o 12, Fernando González realmente não vive uma boa fase. Nesta quarta-feira, ele foi surpreendido no ATP 500 de Barcelona pelo espanhol Albert Ramos-Vinolas, apenas o 161º colocado do ranking, por 6/4, 6/7 (8-10) e 6/3. Outros tenistas locais, estes mais conhecidos, chegaram às oitavas de final, casos de Juan Carlos Ferrero e David Ferrer.

Ramos-Vinolas, que precisou furar o qualificatório para entrar na chave principal catalã, disputa apenas sua primeira competição da ATP. Até então, o tenista, 22 anos, só havia competido em futures e challengers - neste último nível, não soma títulos.

Ainda assim, conseguiu apresentar um grande rendimento diante de González, que seguiu em sua campanha modesta na temporada. Após chegar às oitavas de final do Aberto da Austrália e às semis em Santiago e Acapulco, ele se afastou das quadras momentaneamente devido ao terremoto no Chile e não mais brilhou, caindo de forma precoce em Miami e Houston.

Agora, o cabeça de chave quatro viu Ramos-Vinolas conquistar a maior vitória da carreira, que credencia a zebra a enfrentar o letão Ernests Gulbis na próxima rodada. Nesta quarta, o 44º melhor do mundo bateu o francês Jeremy Chardy por 6/3 e 6/2.

Fora o surpreendente jovem, outros tenistas espanhóis também avançaram às oitavas de final. Sétimo pré-classificado, Ferrero vencia o ucraniano Sergiy Stakhovsky por 6/3 e 4/2 quando seu rival desistiu. Agora ele encara o holandês Thiemo de Bakker, algoz do também local Daniel Gimeno-Traver em dois sets: parciais de 7/6 (7-5) e 6/3.

Já Ferrer, oitavo maior favorito ao título em Barcelona, ganhou do compatriota Marcel Granollers por 7/5 e 6/4. O número 17 do mundo, que pode ser o adversário do brasileiro Thomaz Bellucci nas quartas de final, pega antes o italiano Simone Bolelli ou outro espanhol - Alberto Martín.