Furto a jogadores do Caracas não passou de uma "brincadeira"

JB Online

RIO - O roubo dos jogadores do Caracas em um hotel na manhã noticiado na última terça-feira não passou de uma brincadeira de péssimo gosto de alguns integrantes da delegação da equipe.

O assessor de imprensa da equipe venezuelana, Eramos Provenza, explicou.

- Foi apenas uma brincadeira. Quando os jogadores voltaram, acharam que haviam sido roubados, mas isto não aconteceu.

Na tarde desta terça-feira a policiais chegaram a ir ao hotel para fazer uma perícia, já que os jogadores prestaram queixa na DEAT (Delegacia Especial de Apoio ao Turismo).