Estádio de São Januário completa 83 anos

JB Online

RIO - Em 21 de abril de 1927 era inaugurado o estádio de São Januário, um marco para o futebol, e um símbolo na história do Club de Regatas Vasco da Gama. Um estádio construído com o esforço e união de todos os torcedores vascaínos, que foram responsáveis por toda a arrecadação do dinheiro necessário.

A construção foi a resposta que os grandes clubes da época receberam, ao tentarem barrar a ascensão do time de negros e brancos pobres que, com o campeonato de 1923, havia conquistado o direito de figurar na elite do futebol carioca

Na primeira partida realizada no maior estádio do continente na época, o Vasco perdeu para o Santos por 5 a 3, mas o resultado não era importante para os vascaínos, e sim a inauguração do maior símbolo de orgulho do clube. Até 1950, São Januário sediou diversos jogos da Seleção Brasileira, incluindo o Campeonato Sul-Americano de 1949.

No dia 1º de maio de 1943, o então presidente Getúlio Vargas declarou a Consolidação das Leis Trabalhistas no estádio. Acontecimentos cívicos, como o treinamento dos pracinhas que lutaram na Segunda Guerra Mundial, e culturais, como concertos regidos pelo maestro Heitor Villa-Lobos e desfiles das escolas de samba fizeram parte de toda a história de São Januário.

Nesta quarta-feira, o estádio completa 83 anos, mantendo-se como monumento que sintetiza a história do Vasco da Gama, e como o maior estádio particular do Rio de Janeiro.

Site do Vasco