Vasco precisa de um empate contra o Corinthians-PR

Jornal do Brasil

RIO - Precisando apenas de um empate para se classificar para as quartas de final da Copa do Brasil, o Vasco enfrenta quarta-feira o Corinthians-PR, em São Januário, às 16h, com uma estrutura igual à da vitória por 1 a 0 do jogo ida, mas em condições bem diferentes da primeira partida, marcada pela abundância de faltas e o campo irregular. Para Carlos Alberto, uma das principais armas cruzmaltinas para o compromisso de quarta-feira, as condições do campo prometem ser determinantes para o rumo da partida.

A vantagem que nós temos é um campo melhor, que permitirá que nos desvencilhemos das faltas. Lá no Paraná, a gente perdia muito tempo no comando da bola, o levava o adversário a usar o corpo em demasia. Quinta-feira, teremos um recurso melhor, podendo jogar de primeira e com melhor domínio da bola, com menos contato físico.

Ao técnico Gaúcho, cabe a missão de evitar a sexta zebra cruzmaltina em São Januário. Para isso, exige atenção do elenco aos erros, já que o histórico do time já provou que os pequenos podem surpreender.

O mais importante é alertar o tempo todo para que o jogador não tenha um descuido. Todo jogador de time grande tem uma responsabilidade grande com a bola nos pés e uma necessidade de acerto defende o técnico. Teremos um jogo difícil e precisamos ter cuidado. As equipes vão disputar as partidas como se fosse a Copa do Mundo.

Efetivado após a eliminação vascaína na semifinal da Taça Rio, contra o Flamengo, o técnico também declarou não ter problemas para lidar com a pressão por resultados. Pela primeira vez à frente de um time grande, Gaúcho garante dedicação ao time.

Sei que tenho uma necessidade grande de conquistar os resultados, mas isso acontece com qualquer técnico que esteja nessa posição. O que tinha que ser avaliado até esse momento da efetivação, já foi. Tanto a diretoria quanto a torcida do Vasco sabem que tem um profissional que, independentemente de ser torcedor ou já ter sido jogador do Vasco, está pronto pra trabalhar na função em que foi colocado.

>> Súmula

Vasco: Fernando Prass; Fagner, Thiago Martinelli, Titi e Ramon; Nilton, Rafael Carioca, Leo Gago e Carlos Alberto; Philippe Coutinho e Elton. Técnico: Gaúcho.

Corinthians-PR: Colombo, Neto, Leandro e Peixoto; Thiago Araújo, Cícero, Ronaldo, Safira e Rodrigo Crasso; Cristiano e Bruno Batata. Técnico: Lio Evaristo

Local: São Januário.

Horário: 16h (de Brasília).

Arbitragem: Cleber Welington Abade, auxiliado por Ednilson Corona e Marcelo Carvalho Van Gasse.

Transmissão: Première