Lyon perde clássico francês mas segue na Liga dos Campeões

Portal Terra

SÃO PAULO - O Lyon perdeu o jogo para o Bordeaux por 1 a 0, mas seguiu na Liga dos Campeões pelo saldo conquistado no primeiro jogo. O time de Michel Bastos passou o jogo com maior posse de bola, mas tomou um gol no final do primeiro tempo.

No primeiro jogo, o Lyon venceu a partida no estádio Gerland por 3 a 1, e se classificaria até com uma derrota por 1 a 0, como aconteceu. O brasileiro Michel Bastos foi um dos artilheiros, marcando o terceiro gol de seu time.

Agora, o vai enfrentar o Manchester pela semifinal do torneio. O primeiro jogo será realizado no dia 21 de abril e o segundo no dia 27. No outro jogo da penúltima etapa do campeonato, o Barcelona vai disputar com a Internazionale a vaga na final.

O jogo

O primeiro tempo foi de domínio do Bordeaux em boa parte da etapa. O time que tinha a vantagem do empate teve a maioria da posse de bola, mas não conseguiu transformar isso em vantagem no placar ou, até, em número de chances. O Lyon encaixava jogadas de velocidade e assustava, até conseguir marcar.

O primeiro chute ao gol com perigo aconteceu aos 10min do primeiro tempo. O brasileiro Michel Bastos bateu uma falta com força e a bola passou ao lado da trave do goleiro. A pressão continuou e aos 12min Gomis completou o cruzamento vindo de um escanteio e a bola passou próxima do travessão.

A primeira chance do Bordeaux só chegou aos 17min. Wendel cruzou uma falta da direita, Gourcuff subiu mais que o goleiro Lloris, mas cabeceou para fora. O atacante ficou muito nervoso e deu um chute na trave para protestar contra seu erro. Chamakh igualou o número de oportunidades claras no primeiro tempo aos 24min. O atacante dominou uma bola, ganhou no corpo do zagueiro para entrar na área, mas quando foi chutar acabou sendo travado.

O gol do Lyon saiu aos 45min. Tremoulinas entrou em velocidade e tentou o arremate, a bola desviou no meio do caminho e passou na frente de Chamakh, que esticou o pé e completou para o gol. Antes de entrar, ela ainda desviou de Boumsong, mas não o suficiente para sair.

No segundo tempo, o Lyon veio mais ofensivo. Logo no começo da etapa, Laurent Blanc tirou o volante Diarra e colocou Matthieu Chalmé para jogar mais avançado. O Bordeaux procurou marcar o adversário com duas linhas de quatro, quando era atacado, e montando seu sistema ofensivo em velocidade, quando estava com a bola.

A bola ficou mais tempo passando de pé em pé e poucas chances claras de gol aconteceram, salvo bolas paradas para a equipe do Lyon. Contudo, o jogo ainda teve espaço para heróis. Aos 41min, Plasil recebeu um cruzamento da direita e cabeceou com firmeza, contudo Lloris salvou o Lyon da desclassificação.