Luxemburgo defende jogador que machucou Obina

Portal Terra

BELO HORIZONTE - Vanderlei Luxemburgo, treinador do Atlético-MG, comentou o lance da lesão do atacante Obina, defendendo o jogador da Chapecoense que participou do acidente e o árbitro da partida, que não deu cartão ao atleta. Em seu blog, o técnico afirmou que ele e seus jogadores viram a jogada como dura, mas sem maldade, e que este tipo de lance acontece no futebol.

De acordo com Luxemburgo, as críticas feitas ao zagueiro Rodrigo e a punição dada ao árbitro José Henrique de Carvalho são injustas. Carvalho foi suspenso pela Comissão de Arbitragem da CBF por 30 dias, por omissão no aspecto disciplinar.

Obina sofreu ruptura dos ligamentos laterais do tornozelo esquerdo. A previsão de retorno do jogador é de, no mínimo, três meses. Com isso, ele está de fora do resto do Campeonato Mineiro e do início do Brasileiro. Na Copa do Brasil, o atacante só poderia retornar caso o Atlético-MG chegasse à decisão.