Ex-meia admite assumir seleção francesa após Copa

Portal Terra

FRANÇA - O ex-meia francês Emmanuel Petit surpreendeu ao confirmar que será o técnico da seleção nacional após a disputa da Copa do Mundo de 2010. Petit, que disputou os Mundiais de 1998 e 2002 e se aposentou em 2004 por lesão, irá substituir Raymond Domenech, que terá a missão de comandar a França na África do Sul.

A declaração de Petit admitindo ter aceitado o convite da Federação Francesa de Futebol foi dada ao jornal L'Equipe. Para o periódico, o ex-jogador ainda admitiu que a decisão vai contra algumas declarações passadas, mas que estas posições foram se modificando desde que ele passou a se envolver com os bastidores do futebol.

Se for confirmado no cargo, o ex-meia desbancará outros ex-jogadores favoritos ao cargo, caso de Didier Deschamps, Laurent Blanc, Jean Tigana e Alain Giresse, todos com experiência na beira dos gramados. Petit, por outro lado, se defende garantindo que, embora não tenha experiência, tem outras credenciais importantes para o cargo.

Petit complementou o discurso afirmando que mantém intacta sua paixão pela seleção da França e garante que irá cobrar dos jogadores a vontade de jogar da primeira vez. O anúncio do novo treinador deverá ser feito nesta sexta-feira e o primeiro teste, segundo Petit, deve ser contra a Noruega, em agosto.