Sou mais respeitado fora do que no Brasil, diz G. Silva

Portal Terra

ZURIQUE - Em entrevista para o site da Fifa, o volante do Panathinaikos e um dos jogadores inquestionáveis na Seleção de Dunga, Gilberto Silva diz ainda se chateia quando percebe que é mais respeitado por seu futebol fora do país que entre os torcedores brasileiros.

Gilberto Silva afirmou que após a conquista da Copa das Confederações, o grupo de Dunga conseguiu aliviar a pressão das criticas por um tempo, porém foi um período dificil, quando tinha más atuações por seu clube na época, o Arsenal, e ainda assim era um dos preferidos do treinador para ocupar uma vaga no meio de campo.

A pressão por um bom desempenho levou Gilberto a desistir do Campeonato Inglês e mudar para o futebol grego, para poder atuar em todas as partidas e ter uma regularidade maior.

O volante lembrou ainda de seu novo companheiro na Seleção Brasileira, Felipe Melo, que estreou no time com a mesma idade que Gilberto e possui caracteristicas semelhantes. Para o jogador, a parceria no meio de campo com Felipe é muito importante para seu desempenho. Assim como o veterano, Felipe Melo segue contestado pela torcida brasileira.