Chefe da Mercedes: Schumacher não pediu para ser 1º piloto

Portal Terra

REDAÇÃO TERRA - O chefe da Mercedes, Norbert Haug, disse que sua escuderia não irá dar prioridade a um piloto em detrimento do outro. De acordo com o jornal espanhol El País, ele afirmou que Schumacher não pediu em nenhum momento para ser o primeiro piloto da equipe, e que mesmo que o alemão pensasse nisso, não haveria diferenças dentro da equipe.

Segundo Haug, a Marcedes trata os dois pilotos com igualdade, e Rosberg é tão número um quanto Schumacher. O dirigente também disse que a volta do heptacampeão às pistas deu bom impacto à escuderia, e que ele é importante por todos os títulos que já conquistou - mas é tratado em igualdade com Rosberg, voltou a repetir.