Andrés Sanchez sobre o Morumbi: "é um grande mico"

Portal Terra

SÃO PAULO - O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, não deixou sem resposta as provocações dos dirigentes são-paulinos. Antes do jogo, o vice de futebol tricolor Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, afirmou que "o Corinthians precisa jogar uns 13, 14 jogos no ano para pagarem o que ganhamos em um show no Morumbi. E já fizemos três (shows) só este ano".

O mandatário do Corinthians respondeu:

"Meu clube não pensa em estádio para Copa, esse tipo de estádio é para uso da Fifa. Estádio para mais de 50 mil pessoas é um mico. Se já tem um estádio assim aqui em São Paulo que é um mico, para que vamos construir um outro mico? - questionou Andrés, em entrevista à Rádio Transamérica, que ainda ressaltou a importância de a cidade receber a abertura da Copa do Mundo de 2014, independente do estádio.

A briga nos bastidores entre os dois clubes acontece há mais de um ano.