Para Jaqueline, quartas-de-final serão uma batalha

Portal Terra

OSASCO - Na teoria, o Sollys/Osasco é o franco favorito na série melhor-de-três contra o Praia Clube/Banana Boat, que definirá um dos semifinalistas da Superliga feminina de vôlei. Entretanto, a ponteira Jaqueline prevê um confronto bastante equilibrado contra o time mineiro.

A primeira partida entre as equipes está programada para este sábado, às 13h15 (horário de Brasília), em Osasco. "Motivação em uma partida com esta é o que não falta. Sabemos que será uma batalha e temos que entrar com alma e com o coração", comentou a campeã olímpica. "Sabemos que não podemos vacilar em nenhum momento, temos que ter atenção total", ensina.

Treinador do time, Luizomar de Moura explicou o porquê preferiu jogar a primeira partida do playoffs em casa. "Sabemos que agora começa um novo campeonato e jogar com a nossa torcida, em nosso ginásio é sempre muito importante", justificou.

Questionado sobre a final da competição, o treinador respondeu que está com os pés no chão. "Temos que ir passo a passo: em primeiro lugar temos as quartas-de-final, onde iremos enfrentar o Praia Clube. Caso as vitórias aconteçam, daí sim, teremos o direito de participarmos das semifinais", comentou.

Os demais jogos das quartas-de-final reúnem Blausiegel/São Caetano (4º) x Usiminas/Minas (5º); Pinheiros/Mackenzie (3º) x Vôlei Futuro (6º) e Unilever (1º) x Cativa/Oppnus (8º). As quatro equipes vencedoras das quartas-de-final avançam para as semifinais, também em melhor-de-três partidas, previstas para os dias 3, 7 e 10 de abril.