Leonardo pode substituir Dunga após Copa, diz jornal italiano

Portal Terra

MILÃO - A permanência de Leonardo no Milan para a temporada 2010/11 é duvidosa e esse cenário ocorre por causa da Seleção Brasileira. Segundo o jornal italiano Corriere dello Sport, o treinador está sendo tentado por duas funções importantes de olho na Copa do Mundo de 2014: pode ser o substituto de Dunga ou um dirigente de alto escalão que participaria da organização do evento no Brasil.

Com o Milan, Leonardo tem contrato até o meio de 2011, mas não estaria convencido do projeto da equipe, nesta temporada eliminada da Liga dos Campeões, da Copa da Itália e segunda colocada do Campeonato Italiano, a quatro pontos da Inter de Milão.

De acordo com o diário, o vínculo prevê a possibilidade de uma rescisão consensual ao fim desta temporada. As chances de essa cláusula ser acionada aumentam devido às dificuldades financeiras do Milan, cujo dono, o primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi, não pretende realizar grandes contratações.

Nesse contexto, as movimentações do time até aqui para o segundo semestre se resumem a transferências sem custos - o veterano zagueiro colombiano Yepes, 34 anos, do Chievo, já chegou a um acordo para se mudar para Milão de graça, o que também vale para o jovem defensor Davide Astori, 23, atualmente no Cagliari.

Por causa de tudo isso, o Corriere dello Sport classifica como "nem um pouco remota" a chance de Leonardo deixar a Itália para trabalhar como técnico da Seleção ou como um "supermanager" do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014. Em 2001, quando ainda era jogador do Milan, o brasileiro realizou um curso de administração esportiva e trabalhou como dirigente e embaixador do próprio clube antes de se tornar treinador, em maio passado.