Joel evita pressão pela escalação do talismã Caio

Jornal do Brasil

RIO - A cada vez que recorre a seu talismã para sair do sufoco, o técnico Joel Santana se vê mais pressionado a efetivar o atacante Caio no time titular. Experiente, o treinador se esquiva ressaltando a importância de ter opções no banco para mudar o panorama de uma partida. Para justificar a permanência da revelação alvinegra entre os reservas, Joel bate na velha tecla de que um time não é feito apenas com 11 jogadores.

É importante termos atletas que mudem nosso jogo. Fábio Ferreira, Edno e Caio, por exemplo, têm nos ajudado muito. Futebol não se faz somente com 11, mas com 15 ou 18, que podem entrar e manter a estrutura disse o técnico.

Embora tenha o desejo de ser titular, Caio reconhece as qualidades dos concorrentes e admite que precisa de mais experiência.

Sempre quis ser titular, mas respeito a decisão do treinador. Abreu é jogador seleção e Herrera não pode ficar fora nunca. As coisas não são assim. Tenho de passar por dificuldades, pegar experiência no profissional. Estou entrando, jogando bem e deixando uma dúvida para o Joel.

No último jogo contra o Volta Redonda, a história se repetiu. Caio entrou no segundo tempo e fez o gol da vitória por 1 a 0, aos 43 minutos. Até os próprios companheiros ficam na expectativa pela ajuda do talismã.

Caio está com uma estrela muito grande. Conversando com o Fahel durante o jogo falamos que ele poderia fazer o gol de novo. E ele fez comentou o zagueiro Antônio Carlos.

Paes: Engenhão não tem risco

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, se reuniu sexta-feira com o presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, e representantes das empreiteiras que construíram o Engenhão para tratar dos problemas do estádio. Após o encontro, o prefeito disse que o local precisa ser melhorado, mas garantiu que o estádio João Havelange não oferece perigo aos torcedores.

Nenhum dos problemas do Engenhão é de ordem estrutural. Não há risco para os torcedores. Os problemas que existem serão resolvidos na velocidade certa. Há uma lista deles pronta comunicou Paes.