Kléber Leite se diz apoiado e quer assumir o Clube dos 13

Murilo Borges, Portal Terra

SÃO PAULO - Afastado do futebol desde o início de 2009, Kléber Leite pode assumir o Clube dos 13 ainda em 2010. Com mandato até novembro deste ano, o atual presidente Fábio Koff pode dar lugar ao ex-dirigente do Flamengo, clube na qual foi presidente (de 94 a 98) e vice de futebol (2005 a 2009). Após deixar a diretoria rubro-negra, Leite confirmou a intenção de assumir a entidade dos principais clubes do Brasil ao Terra.

"Há um movimento para isso", disse o cartola, que já conversou com comandantes de alguns grandes clubes e sentiu o apoio. O objetivo, agora, é falar com Fábio Koff e conquistar o apoio do atual mandatário do Clube dos 13. "Temos um apoio bem significativo de grandes clubes brasileiros, mas não seria justo antecipar algo. estamos numa fase de conversa, mas, independente disso, procurarei o doutor Fábio Koff e explicarei o que estamos fazendo", disse.

A intenção de Kléber Leite é convencer Koff a antecipar as eleições da entidade, que estão marcadas para novembro. "No estatuto, a eleição é marcada para o mês de novembro, mas a intenção é antecipar para abril", afirmou.

Como se já estivesse em campanha, Leite confirmou a meta: aumentar a representatividade do futebol brasileiro na Conmebol, principal entidade sul-americana de futebol. O provável candidato quer seguir a luta contra os jogos na altitude (iniciada quando ainda era dirigente do Flamengo), pretende aumentar o diálogo com a diretoria da Conmebol e, principalmente, aumentar as cotas recebidas pelos clubes brasileiros na Libertadores e na Copa Sul-Americana.

"Temos que ter mais representatividade. O presidente Ricardo Teixeira vê com bons olhos este estreitamento dos clubes e se dispõe a colaborar", afirmou o ex-dirigente do Flamengo ao Terra.

Criado em 1987 pelos 13 maiores clubes do futebol brasileiro (Atlético-MG, Bahia, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco), o Clube dos 13 é dirigido por Fábio Koff desde 97. Recentemente, Atlético-MG, Botafogo, Cruzeiro, Flamengo e São Paulo teriam se manifestado contra a permanência de Koff na entidade.