Robinho sugeriu que Neymer recusasse proposta do Chelsea e do City

Portal Terra

SÃO PAULO - Conselhos de Robinho devem fazer Neymar permanecer no Santos pelo menos por mais uma temporada. Segundo o jornal britânico Daily Mail, o atacante emprestado pelo Manchester City recomendou ao jovem que não vá jogar na Inglaterra neste momento.

Tanto o City quanto o Chelsea já manifestaram interesse por Neymar, classificado pelo diário como um 'garoto maravilhoso'. O time de Manchester, inclusive, tem a preferência de compra dos direitos federativos do atleta desde que aceitou emprestar Robinho ao Santos, porém esse direito expira em agosto e a transferência não deve ser concretizada.

Relutante quanto a deixar o Brasil, em uma posição apoiada por seu pai e também por Robinho, o vice-artilheiro da Copa do Brasil deve permanecer por ao menos mais um ano. Pelo menos, foi isso o que informou ao Daily Mail o Grupo DIS, fundo de investimentos que comprou 40% dos direitos sobre Neymar quando este renovou o contrato com o clube alvinegro até dezembro de 2014.

Desse modo, Manchester City e Chelsea terão de esperar para ter o jovem. A equipe de Londres já acompanha a evolução do atleta há mais de dois anos e está estudando realizar uma proposta de 20 milhões de libras (R$ 54 milhões). A oferta, caso confirmada, ficará aquém da cláusula de rescisão, no valor de 30 milhões de euros (R$ 73 milhões).

Atualmente, na prática, Neymar nem pode atuar na Inglaterra, já que as regras de transferência do país exigem que um atleta sem o passaporte europeu tenha atuado ao menos em 75% das partidas recentes de sua seleção nacional. Esse cenário foi citado pelo empresário Wágner Ribeiro no Twitter para negar a transferência do atacante, que de acordo com o agente gostaria de continuar no Santos por mais dois anos.