Após derrota, goleiro da Juventus esmurra mesa e fratura dedo

Portal Terra

ITÁLIA -

A má fase da Juventus não poupa nem quando os jogadores tentam extravasar a frustração de uma derrota. Eliminada na última semana da Liga Europa após ser goleada pelo Fulham na Inglaterra, a Juventus voltou a ser derrotada neste domingo, desta vez para a Sampdoria, por 1 a 0. Em ambas as partidas, o veterano goleiro Antonio Chimenti, 39 anos, era o titular da meta do time de Turim.

Nervoso com o novo revés e responsabilizado pelo gol marcado pelo atacante Cassano, o terceiro goleiro da Juventus - Buffon e Manninger estavam contundidos - esmurrou uma mesa no vestiário do Estádio Luigi Ferraris após partida e acabou fraturando um dedo de sua mão direita.

A contusão deixará o arqueiro longe dos gramados por pelo menos um mês. "Eu estava muito nervoso e quando eu entrei no vestiário, soquei uma tabela. Infelizmente, fraturei a minha mão", disse Chimenti ao Juventus Channel.

Com a contusão do veterano goleiro, a expectativa da equipe comandada por Alberto Zaccheroni é para a volta dos titulares contundidos para esta semana. Em caso de cinfirmação do desfalque dos três arqueiros da equipe principal, o jovem das categorias de base Carlo Pinsoglio, 20 anos, pode ganhar uma chance na equipe titular.