"Pubalgia de Kaká ainda não é cirúrgica", afirma médico

Portal Terra

SÃO PAULO - A pubalgia que atrapalha Kaká não é cirúrgica. É o que confirma o médico Joaquim Grava, do Corinthians. Em entrevista à Rádio Jovem Pan, o especialista disse que o meia do Real Madrid e da Seleção Brasileira não precisa de uma operação para se recuperar. Segundo ele, o tratamento é clínico, para fortalecer a musculatura.

"O primeiro tratamento (para a pubalgia) é sempre clínico, nunca cirúrgico. Na maioria dos casos, este tratamento é bem sucedido, através de fortalecimento de musculatura. O caso do Kaká é ainda de tratamento clínico. Pode se evoluir para a cirurgia, mas ainda não é", disse o médico, que confirmou também que o problema não atrapalhará Kaká durante a Copa do Mundo.