Botafogo e Flamengo voltam a se enfrentar relembrando decisões

Jornal do Brasil

RIO - Depois de terem realizado uma semifinal da Taça Guanabara emocionante, Botafogo e Flamengo voltam a se encontrar no Campeonato Carioca. Às 19h30, no Engenhão, os dois times prometem uma grande partida. De um lado, as estrelas rubro-negras. De outro, a aplicação alvinegra. Na primeira vez, quem levou foi o time que mais se entregou em campo. Desta vez, a equipe da Gávea promete não deixar a história se repetir. Porém, o estrategista Joel Santana repete o discurso do primeiro turno, enaltecendo o adversário e trabalhando em silêncio.

O Flamengo é a melhor equipe brasileira no momento, mas todos têm a mesma responsabilidade em um clássico. Jogo assim é sempre indefinido, e nós estamos em um bom momento disse Joel, que só vai liberar a escalação horas antes de a partida começar.

Os dois times sofreram desfalques. No lado alvinegro, Loco Abreu, suspenso, e Jancarlos, machucado, estão fora. No ataque, Joel Santana não tem nenhum questionamento: entra o talismã Caio, responsável pela vitória no primeiro turno. No lugar de Jancarlos é que mora a dúvida, já que, com Alessandro fora de forma, Joel será obrigado a improvisar na ala direita. As opções para o setor são os volantes Somália e Sandro Silva. Porém, existe uma diferença entre um e outro. Caso opte por Somália, trata-se de uma alteração simples. Já se quiser deslocar Sandro Silva para o lado direito, será forçado a mexer muito na equipe.

Neste último cenário, Fábio Ferreira entraria na zaga, com Fahel indo para o meio e Sandro caindo pela direita. Por isso, o mais provável é que Joel comece com Somália, preservando a estrutura do time.

No rubro-negro, a situação é parecida. Leonardo Moura, machucado, e Juan, suspenso, também estão fora. Everton Silva e Rodrigo Alvim são os substitutos. O técnico Andrade lamenta as ausências:

São desfalques importantes. Jogadores como o Juan e o Leo, que já estão aqui há muito tempo, fazem muita falta, mas confio nos atletas que estão entrando disse Andrade, fazendo elogios ao substituto de Juan. O Alvim vem jogando como volante, mas passou muita confiança. Ele chegou bem fisicamente ao clube e tem experiência internacional. Temos um grupo forte e quem entra, entra com vontade de mostrar seu futebol.

A preocupação de Joel Santana passa um pouco longe de Rodrigo Alvim. O comandante alvinegro quer sua defesa atenta à movimentação da dupla Vagner Love e Adriano. Ele lembra que o Botafogo passava por um momento crítico no campeonato quando enfrentou o Flamengo no primeiro turno. Como daquela vez, um nova vitória vai encher de brio os jogadores alvinegros para a reta final da Taça Rio.

Precisamos tomar cuidado com o ataque deles, que é muito forte. Uma vitória nos daria tranquilidade para a sequência da competição afirmou o sorridente Joel.

>> Súmula

Botafogo: Jefferson; Fahel, Antônio Carlos e Danny Morais; Somália (Fábio Ferreira), Sandro Silva, Lucio Flavio e Marcelo Cordeiro; Herrera e Caio. Técnico: Joel Santana.

Flamengo: Bruno, Everton Silva, Álvaro, Fabrício e Rodrigo Alvim; Toró, Willians, Kleberson e Vinícius Pacheco (Petkovic); Vagner Love e Adriano. Técnico: Andrade.

Local: Engenhão. Horário: 19h30. Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Francisco Pereira de Sousa e Marcelo Braz Mariano. Transmissão: Première.