Juventus chama a atenção de Felipe Melo e Zebina após gestos ofensivos

Agência AFP

ROMA - A Juventos chamou a atenção nesta sexta-feira, ainda que não tenha citado nomes, de dois de seus jogadores, o brasileiro Felipe Melo e o francês Jonathan Zebina, por gestos e palavras ofensivas contra os torcedores do time, anunciou o clube italiano em comunicado.

"Ao final do treino do dia, o presidente (Jean-Claude Blanc) e o subdiretor (Roberto Bettega) da Juventus lembraram formalmente aos jogadores que os incidentes que ocorreram no final das últimas partidas não devem se repetir no futuro", diz o texto.

"A frustração com um resultado decepcionante não justifica comportamentos que alimentem tensões inúteis, prejudicando a imagem do clube", segundo a nota.

No domingo, na partida da Liga contra o Siena (3-3) em Turim, Felipe Melo insultou alguns torcedores e, na quinta-feira, no jogo da Liga da Europa no campo do Fulham (derrota por 4-1 e eliminação), o zagueiro francês Jonathan Zebina fez um gesto ofensivo para os torcedores da Juventus.

Os jogadores, vítimas constantes das vaias dos torcedores, que nunca conseguiram conquistar, pediram desculpas depois.

"Pedi desculpas, já que não foi um gesto bonito para as crianças", reconheceu Zebina, citado pela imprensa italiana, acrescentando: "mas estava farto. Fui xingado por vários baderneiros e racistas. Começaram a me insultar desde o aquecimento".