Henry afirma que grupo da França no Mundial não é fácil

Agência AFP

FRANÇA - O capitão da seleção francesa de futebol, o atacante Thierry Henry, afirmou nesta terça-feira em uma coletiva de imprensa, um dia antes do amistoso de sua equipe contra a Espanha em Paris, que o grupo da França no Mundial será complicado.

"Nosso grupo está longe de ser fácil. Não temos a tradição de vencer o Uruguai, os mexicanos são difíceis de dominar e a África do Sul jogará em casa", afirmou Henry.

Para o atacante do Barcelona, a partida contra a Espanha e o fato de jogar contra vários companheiros de equipe farão com que o duelo seja especial para ele.

"Jogo na Espanha e por isso será estranho enfrentar meus companheiros, mas o mais importante é que jogamos contra a melhor equipe do mundo, junto com o Brasil. Isso vai permitir que vejamos onde estamos e nos situemos", explicou o jogador.

Henry disse que o fato de não ser titular no Barcelona não atrapalha sua atuação na seleção.

"Não jogo, mas não tenho nenhum problema com isso. Fisicamente e mentalmente estou bem", falou.

O jogador acrescentou que prefere jogar como meia-atacante do que na esquerda.

"Já disse um milhão de vezes, prefiro jogar no centro, mas posso atuar em várias posições. Não há nenhum problema, o mais importante é que a França vença", falou.