Neymar: quanto mais baterem, mais vou para cima

Portal Terra

SANTOS - Protagonista da vitória do Santos ante o Corinthians por 2 a 1 no Campeonato Paulista, o atacante Neymar disse à Rede Globo que provocações não vão mexer com seu modo de jogar.

- Não, fica a mesma coisa. Bastante ousadia, bastante movimentação. Quanto mais eles baterem, quanto mais eles xingarem, mais a gente vai para cima.

Em lance da partida, após o apito do juiz, ele deu um chapéu no zagueiro Chicão e, por isso, recebeu um tapa na nuca do zagueiro.

- Acho que foi vontade própria de aplicar o chapéu, quando você vê o zagueiro babando vindo na sua direção - afirmou.

O jogador disse que conversou com o treinador Dorival Júnior após a partida. "Eu sei que foi errado (o que fiz). Ele me falou que não precisava. Mas na hora deu vontade de fazer e fiz. Não aguentei", disse.