Só a vitória evita crise e dá sossego a Mancini

Jornal do Brasil

RIO - Criticado, técnico pode não ter Dodô e Carlos Alberto contra o Voltaço

À beira de uma crise que se desenha desde a perda da Taça Guanabara para o Botafogo e sem vencer há três jogos no Estadual, o Vasco é uma incógnita para a estreia na Taça Rio, contra o Volta Redonda, domingo, às 19h30, em São Januário. Em má fase e sem marcar gols há três partidas, Dodô pode ser barrado; e Carlos Alberto, que tinha retorno certo, voltou a sentir dores no pé direito e é dúvida.

Vamos aguardar até a última hora para tomarmos uma decisão disse Vagner Mancini, que pode até ter o cargo ameaçado caso o Vasco não vença o Voltaço. O técnico foi xingado de burro pela torcida no 0 a 0 com o Sousa-PB, quinta-feira, pela Copa do Brail.

O Vasco não conquista um título estadual há seis anos, desde 2003, e para acabar com o incômodo jejum terá de vencer a Taça Rio para decidir o título com o Botafogo

Vamos jogar em casa e é importante começarmos a Taça Rio com vitória. Ela servirá para dar ainda mais confiança ao time espera Mancini, que terá pela frente o técnico Tita estreando no comando do Volta Redonda.

Enquanto o Vasco terminou a fase de classificação da Taça Guanabara invicto e em primeiro lugar do Grupo B, com 19 pontos, um a mais que o depois campeão Botafogo, o Volta Redonda foi antepenúltimo do Grupo A, com oito pontos.

Só que o Vasco não vence há três jogos no Estadual: derrota de 2 a 0 para o Botafogo na decisão da Taça GB, e empates de 0 a 0 com o Fluminense, nas semifinais, e 2 a 2 com o Madureira no final fase inicial.

Mas, nos 57 confrontos entre os dois times, o Vasco leva enorme vantagem: Venceu 39 jogos, empatou 12 e perdeu seis.

>> Súmula

Vasco: Fernando Prass; Fagner, Fernando, Thiago Martinelli e Márcio Careca; Rafael Carioca, Souza, Carlos Alberto (Magno) e Phillipe Coutinho; Dodô (Robinho ou Rodrigo Pimpão) e Elton. Técnico: Vagner Mancini

Volta Redonda: Everton; China, André Alves. Alcir e Thiago Gasparino; Mário César, Alexandre, Bruno Barra, Adriano Felício e Wallacer; Tássio

Técnico:Tita, Local: São Januário

Horário: 19h30, Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro, auxiliado por Eduardo de Souza Couto e Rodrigo Pereira Joia. Transmissão: Première