Ceni marca, mas São Paulo toma virada do Once Caldas

Portal Terra

BOGOTÁ - No primeiro reencontro entre São Paulo e Once Caldas desde a eliminação do time tricolor na semifinal da Libertadores de 2004, os colombianos levaram a melhor outra vez. Jogando no estádio Palogrande, em Manizales (COL), a equipe paulista começou na frente com Rogério Ceni, mas sofreu a virada no segundo tempo e saiu derrotada por 2 a 1.

Com o resultado, o São Paulo se manteve com três pontos ganhos e viu o Once Caldas assumir a liderança isolada do grupo 2, com seis. O Monterrey (MEX), que venceu o lanterna Nacional (PAR), também tem três pontos, mas perde no saldo de gols para o time brasileiro - que fez sua primeira partida sem o técnico Ricardo Gomes, afastado por problemas médicos.

Os visitantes abriram o placar aos 32min do primeiro tempo, em cobrança de falta de Rogério. O capitão tentou bater no canto onde estava o goleiro Martínez, mas a bola desviou na barreira e entrou no lado oposto, matando qualquer chance de defesa para o camisa 1 do Once Caldas.

O empate dos donos da casa veio logo no início do segundo tempo. Marcelinho Paraíba ajeitou mal de peito e a bola ficou com o lateral Iván Vélez, que cruzou para o meio da área. O atacante Fernando Uribe ganhou de Xandão pelo alto e escorou de cabeça no canto, igualando o placar.

Com 24min, Washington perdeu grande chance de colocar os paulistas em vantagem novamente. Ele recebeu passe na medida e ficou frente a frente com Martínez, mas bateu em cima do goleiro, facilitando a defesa.

Dois minutos depois, Dayro Moreno fez um golaço para virar o jogo para o Once Caldas. Jorge Wagner perdeu a bola e o atacante foi lançado em velocidade. Ele passou por Jean, tocou entre as pernas de Miranda, entrou na área e bateu cruzado para vencer Rogério Ceni e balançar a rede, decretando mais uma vitória do "fantasma" colombiano sobre o São Paulo.