Joel quebra rotina e festeja título no gramado com os jogadores

JB Online

RIO - Desta vez, a modéstia ficou de lado. Festejado como a principal estrela do novo Botafogo, que deu a volta por cima após ser impiedosamente surrado pelo Vasco no confronto do primeiro turno por 6 a 0 e trocar de treinador, o técnico Joel Santana aproveitou o carinho da torcida e comemorou o título da Taça Guanabara em campo com os jogadores - fato raro na sua carreira. Joel se deu ao direito de festejar no gramado porque, reconhece, andava carente e desgostoso com as coisas do futebol após ser demitido da seleção da África do Sul às vésperas do sonho de disputar uma Copa do Mundo.

- Fui sim, por isso fizeram tanta festa para mim. Andava chateado e triste com as coisas que aconteceram fora do gramado - disse Joel, referindo-se às comemorações dos alvinegros, que fizeram festa para o comandante no gramado.

Joel não fala abertamente, não diz o que motivou seu desgosto, mas a pronta aceitação de Carlos Alberto Parreira para voltar a dirigir a África do Sul, o deixou com a impressão de que o técnico a quem substituiu, há dois anos, no comando da seleção, esteva apenas o utilizando para guardar sua vaga. Joel prefere mirar o futuro alvinegro.

- O Botafogo pdoe ganhar o campeonato. Temos condições e vamos jogar para isso - disse.