Jogadores e técnico indicam união como ponto chave para ser campeão

Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Após o apito final do árbitro, o discurso dos jogadores revelou de forma exata o segredo da volta por cima do Botafogo na Taça Guanabara. Se todos foram unânimes em apontar a chegada do técnico Joel Santana como fundamental, não faltaram menções à união e ao trabalho de todos dentro do clube. O próprio treinador fez questão de minimizar sua importância.

É a vitória da torcida, dos jogadores e da comissão técnica. Eu não faço nada sozinho, preciso da ajuda de todos. O Botafogo voltou a ser aquele que conhecemos disse Joel Santana, que dedicou a conquista a um ídolo alvinegro. Fui ao lançamento da nova camisa do Botafogo e o Nilton Santos me deu muita força. Essa vitória é para o Nilton.

Joel disse que o grande mérito do time foi reconhecer suas limitações. Já garantido na final do Carioca, o técnico quer seus jogadores com os pés no chão.

O Botafogo teve paciência e ousadia nos momentos certos. Não vamos pensar que já somos o melhor do mundo. Enfrentamos equipes talvez melhores que a nossa, mas jogamos com inteligência avaliou Joel. Ganhamos 50%, mas ainda faltam os outros 50%. Temos uma pequena vantagem e agora todo mundo vai querer cair dentro.

Lágrimas alvinegras

O lateral-direito Alessandro, um dos mais criticados pela torcida, é o símbolo da volta por cima. Muito emocionado após a partida, o jogador fez declarações de amor ao Botafogo.

Estou há três anos aqui e aprendi a amar o Botafogo. O carinho que eu tenho por esse clube é incrível. O grupo todo esta de parabéns. Saímos do fundo do poço. Estávamos humilhados, massacrados e demos a volta por cima. O Joel tirou o grupo lá de baixo disse Alessandro.

O presidente Maurício Assumpção foi outro que chegou às lágrimas ao falar sobre a torcida alvinegra.

O grupo se superou com a chegada do Joel e acreditou que é capaz. Quero dar parabéns à torcida. Contra o Flamengo, ela estava em menor número, mas cantou e empurrou o time o tempo todo. Hoje (ontem) ela deu um show elogiou.

Para Leandro Guerreiro, o mais ovacionado pela torcida depois de Joel, a conquista da Taça Guanabara foi o prêmio para um time que soube se recuperar com muito trabalho.

Foi a vitória da humildade, do trabalho e do respeito. Trabalhamos quietinhos e chegamos ao título disse o volante.