Em dia brasileiro, Kaká marca dois e comanda goleada do Real

Portal Terra

MADRI - Em meio às críticas depois da derrota para o Lyon, no meio de semana, Kaká comandou a goleada do Real Madrid sobre o Villareal por 6 a 2, neste domingo, pelo complemento da 23ª rodada do Campeonato Espanhol. Com dois gols (um de pênalti e outro após belo passe de Cristiano Ronaldo), o brasileiro foi o nome do jogo. Higuaín (duas vezes), Cristiano Ronaldo e Xabi Alonso completaram o placar, enquanto Marcos Senna e Nilmar fizeram para o Villareal e completaram a festa brasileira no Santiago Bernabeu.

A vitória no Santiago Bernabeu levou o Real Madrid aos 56 pontos, na vice-liderança do torneio, dois pontos atrás do rival Barcelona. Por outro lado, o Villareal continua longe da parte de cima da tabela, com 29 pontos, em décimo lugar.

O Real Madrid começou arrasador e não demorou a abrir o placar. Logo aos 18min, pouco depois de Marcelo desperdiçar boa oportunidade, Cristiano Ronaldo cobrou falta com categoria e surpreendeu Diego López. Três minutos depois, Higuaín sofreu pênalti de Marcano. Criticado pela imprensa, Kaká deslocou o goleiro e fez o segundo gol dos merengues. Com a vantagem, o Real passou a deixar espaços na defesa. Aproveitando-se disso, Marcos Senna acertou belo chute da entrada da área, aos 30min, e surpreendeu Casillas, marcando o primeiro do Villareal.

Na etapa final, o Real Madrid não deixou o Villareal esquentar e, logo aos 9min, marcou o terceiro. Cristiano Ronaldo recebeu lançamento de Arbeloa, foi à linha de fundo e encontrou Higuaín livre, que só tirou o goleiro da jogada e fez o terceiro. O Villareal esboçou uma reação aos 21min. Nilmar tabelou com Pires e deixou sua marca. O gol motivou o Villareal, mas o Real seguiu no controle e matou a partida aos 26min. Higuaín recebeu cruzamento de Marcelo e concluiu.

Mas ainda faltava o ato final de Kaká. E ele aconteceu aos 34 minutos. Perseguido pela imprensa durante toda a semana, o brasileiro recebeu passe de Cristiano Ronaldo, invadiu a área e tocou na saída de Diego López, com muita categoria. Substituído por Raúl, Kaká deixou o Bernabeu ovacionado pela torcida. Fechando a goleada merengue, Xabi Alonso converteu pênalti aos 43min.