Diretoria do Santos prefere não comentar possível volta de Robinho

Portal Terra

SÃO PAULO - O atacante Robinho admitiu neste domingo, em entrevista à Rádio Bandeirantes, o desejo de voltar ao time do Santos e que já foi avisado pela diretoria do Manchester City que a partida de hoje contra o Scunthorpe, pela Copa da Inglaterra, deverá ser a última no clube inglês.

Apesar da declaração do atacante, a diretoria do Santos ainda não confirma a negociação e prefere manter a cautela sobre o retorno de um dos maiores ídolos da torcida alvinegra nos últimos anos.

Em entrevista ao Terra, o diretor de futebol do clube, Pedro Luiz Conceição, afirmou que prefere não comentar o assunto para evitar uma euforia dos torcedores.

- Queria pedir a compreensão, mas prefiro não comentar sobre a possível volta de Robinho para não evitar uma euforia nos torcedores. Queremos evitar que essa euforia acabe se tornando em decepção caso não aconteça uma negociação - afirmou.

- Às vezes tem coisas que não temos conhecimento e às vezes tem coisas que sabemos mas não podemos falar. Nesse momento, me reservo no direito de não comentar o assunto - completou o diretor de futebol do Santos.

Na entrevista ao apresentador Milton Neves, neste domingo, Robinho declarou que aceitaria receber menos para voltar a jogar nos gramados brasileiros. - A situação financeira é importante. Mas ser feliz também conta - disse o atacante.