Olimpíadas 2016: Maurren Maggi pede apoio na preparação do Brasil

Agência Brasil

BRASÍLIA - Medalha de ouro no salto em distância nas Olimpíadas de Pequim, em 2008, a paulista Maurren Maggi pediu, durante o lançamento da 3ª Conferência Nacional do Esporte, no Palácio Itamaraty, mais apoio aos esportes olímpicos para que os atletas brasileiros possam brilhar nos Jogos de 2016, no Rio de Janeiro.

- Em 2014, temos Copa do Mundo e este é o país do futebol. Como atleta amadora que conquistou uma medalha olímpica inédita para o Brasil, espero que tenhamos um pouco de sensibilidade para tratar dos outros esportes depois da Copa do Mundo, quando teremos dois anos de preparação para uma Olimpíada, que será um marco na nossa história - disse a atleta paulista.

Além de Maurren Maggi, estiveram no evento outros atletas e ex-atletas de diversas modalidades olímpicas e paraolímpicas. Com o tema Plano Decenal do Esporte e Lazer - 10 pontos em 10 anos para projetar o Brasil entre os 10 mais, a Conferência Nacional do Esporte será realizada de 3 a 6 de junho, em Brasília.

A conferência servirá para formular um plano para o esporte brasileiro para o período 2010-2020. Antes da etapa nacional, haverá reuniões preparatórias nos municípios e estados. - A ideia de um plano decenal para o esporte brasileiro é decisiva para que possamos transformar o país numa potência esportiva - destacou o ministro do Esporte, Orlando Silva.