Macello Lippi evitar falar sobre chances de Amauri na seleção italiana

Agência ANSA

ROMA - O técnico da seleção italiana de futebol, Marcello Lippi, evitou falar sobre uma possível convocação do atacante brasileiro Amauri, que aguarda a concessão da cidadania italiana.

- Falo apenas dos jogadores italianos - disse o treinador, ao ser questionado sobre a hipótese de chamar o artilheiro da Juventus.

- Amauri, por ora, não é jogador italiano, e precisa sê-lo antes de alimentar esperanças sobre uma possível convocação - prosseguiu.

O atacante brasileiro enfrenta uma corrida contra o tempo para obter a cidadania, que deve ser concedida somente em março.

Embora ele já tenha manifestado a intenção de atuar pela seleção italiana e haja boas chances de que seja convocado por Lippi, uma participação na Copa do Mundo é hoje muito difícil, já que a competição começa em junho e ele jamais fez parte do plantel da Azzurra.

Amauri, que tem 29 anos, também nunca atuou pela Seleção Brasileira, o que lhe permitiria vestir a camisa italiana. Sua presença, porém, muito provavelmente enfrentaria a resistência de outros atacantes italianos, que já contestaram uma possível convocação.