Love e Adriano treinam juntos e devem formar dupla contra o Bangu

Jornal do Brasil

RIO - A torcida rubro-negra está apreensiva. Uma semana depois de ser apresentado e fazer juras de amor ao clube, Vagner Love vive a expectativa de vestir a camisa do Flamengo pela primeira vez, nesta sábado, contra o Bangu, às 17h, no Engenhão. Nesta quinta-feira, o vice-presidente de futebol Marcos Braz confirmou a inscrição do jogador na CBF e jogou para Andrade a responsabilidade de escalar o atacante. No coletivo realizado na Gávea para jogadores que não enfrentaram o Volta Redonda na quarta-feira, Vagner Love participou do trio que o torcedor quer ver em campo, ao lado de Adriano e Petkovic. Apesar de nenhum deles ter balançado a rede, o meia sérvio destacou a importância dos companheiros.

Todo mundo conhece esses jogadores, são mundialmente consagrados. Não preciso de um treino para falar sobre eles. Quando o Adriano estiver em boa forma física, com um pouco de entrosamento, vai dar alegria ao nosso torcedor afirmou o sérvio.

Petkovic, no entanto, não deve começar o jogo. Como indicou o técnico Andrade logo após a vitória sobre o Volta Redonda, o meia ainda não tem condições físicas para atuar os 90 minutos. Petkovic levantou a torcida ao marcar um bonito gol na vitória por 3 a 1.

As condições para jogar 90 minutos eu ainda não tenho. O que ele (Andrade) achar que é melhor, eu faço disse o meia sérvio.

Outra boa notícia do treino ficou por conta justamente de Adriano. Após tanto tempo sem poder treinar com bola por causa das bolhas no calcanhar (foram quase dois meses de recuperação), ele participou do treino o tempo inteiro calçado. Aparentemente sem dores, o jogador teve boa movimentação.

Um dos destaques do time nas duas primeiras partidas do Estadual, o meia Kleberson comentou a qualidade de Love e Adriano ao programa Arena Sportv.

São jogadores que se conhecem bem e mantêm amizade fora de campo. Talvez o Vagner possa sair mais um pouco da área, chutando de fora disse Kleberson, fazendo uma brincadeira com a bolha no pé de Adriano. Essa bolha está grudada nele, mais até do que a namorada - brincou.

Andrade também terá as voltas do zagueiro Álvaro e do lateral-direito Leonardo Moura. Expulso na primeira rodada, contra o Duque de Caxias, Álvaro não pôde enfrentar o Volta Redonda. Recuperado de uma cirurgia no nariz para a retirada de um tumor benigno feita na primeira semana de trabalho, o jogador já sonha jogar ao lado da dupla Love e Adriano.

Imagina a dificuldade para marcar esses jogadores? Mas hoje estou ao lado desses feras. Tenho que ajudá-los a fazer os gols disse Léo Moura.

Quem comemora a volta dos medalhões a campo é o técnico Andrade, que começa a ter à disposição os principais jogadores do elenco.

O time agora passa a encorpar mais. Mas não quero desvalorizar esses jogadores que conseguiram as duas vitórias. Eles me deixaram satisfeito. Ganhamos e convencemos explicou Andrade.

Três ainda desfalcam

Mesmo com o retorno de alguns jogadores, os desfalques ainda são de peças importantes. O maior ladrão de bolas do último Campeonato Brasileiro, Willians, ainda se recupera da lesão no tornozelo sofrida contra o Duque de Caxias, e dificilmente volta a tempo de enfrentar o Bangu. Juan cumprirá sua última partida de suspensão. Já Maldonado só deve retornar ao time em março, para a disputa da Taça Rio e da Libertadores.

Obina dá outro adeus. Desta vez, em definitivo

Enquanto Adriano e Love são festejados, Obina faz sua despedida melancólica. Sem marcar pelo clube desde a penúltima rodada do Campeonato Brasileiro de 2008, o atacante baiano abandonou de vez o Flamengo - clube com qual conquistou uma Copa do Brasil e três Campeonatos Cariocas. Obina tinha contrato com o time rubro-negro até dezembro. O Flamengo vai receber R$ 1 milhão por 25% de seus direitos federativos. Além disso, vai economizar cerca de R$ 120 mil de salários.

A saída de Obina abre espaço para a chegada de outros jogadores. Depois de anunciar o lateral Michael, o clube pode acertar nesta sexta-feira o empréstimo do meia Ramon, do CSKA. Aos 21 anos, ele viria por um ano para ser o reserva de Petkovic. Além dele, Marcos Braz admitiu que tem interesse em trazer Belletti. Porém, o jogador teria que conseguir a liberação do Chelsea primeiro. Campeão do mundo com a Seleção Brasileira em 2002, Belletti tem contrato com o time inglês até o meio do ano.

Suderj volta atrás

Depois de muita confusão na venda de ingressos para Flamengo x Duque de Caxias e Fluminense x Bangu, a Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer (Suderj) resolve rever a proibição de vender ingressos no dia de jogos no Maracanã. Nesta quinta-feira, após reunião envolvendo os presidentes de Vasco, Flamengo e Fluminense, representantes do governo, da Ferj, da PM, do Corpo de Bombeiros e a secretária da Suderj, Marcia Lins, a lei foi revogada para as partidas contra os clubes considerados pequenos. Portanto, nestes casos haverá venda normalmente no estádio.

Para os clássicos, semifinais e finais, porém, os torcedores, no dia dos jogos, terão de continuar comprando em outros pontos de venda, pois a proibição continuará no Maracanã.

A presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, ficou feliz com a decisão. A Suderj chegou a ameaçar proibir o clube de realizar jogos no Maracanã por ter aberto a bilheteria 45 minutos antes de o jogo começar.

Depois desta reunião, finalmente chegamos a um entendimento. Respeito a posição do governo, mas não se muda uma cultura de 60 anos em apenas um dia explicou Patrícia Amorim. A segurança é importante, eu sei, mas o torcedor não pode ser prejudicado. Temos é que discutir com todos os interessados a fim de criarmos mecanismos para melhor o acesso a venda dos ingressos.

Uma nova reunião será realizada entre os representantes dos clubes e Márcia Lins. Os dirigentes se comprometeram a apresentar melhorias no sistema de ingressos como a utilização mais eficiente da Internet e aumento dos pontos de venda na cidade.