Tênis: brasileiro escapa de punição na Austrália

Jornal do Brasil

MELBOURNE - O tenista Marcos Daniel se livrou de uma multa generosa. Depois de ter sido eliminado pelo colombiano Alejandro Falla, logo na sua estreia no Australia Open, o gaúcho teria discutido e empurrado uma torcedora colombiana que estava na arquibancada. Quarta-feira, a organização do torneio divulgou um comunicado livrando o brasileiro de qualquer punição.

O escritório de arbitragem do torneio analisou o incidente envolvendo Marcos Daniel e nenhuma ação será tomada disse a nota oficial.

Após a derrota por 3 sets a 0, o brasileiro teria discutido com uma torcedora quando foi interceptado na saída de quadra. A versão de Daniel, no entanto, é de que a discussão teria sido com um homem que acompanhava a mulher e que não houve agressão.

Este é o tipo de absurdo que jamais aconteceria. Um cara me insultou durante as duas horas de jogo, agindo de forma agressiva e arrogante. Cheguei a falar para essa pessoa que tivesse um pouco mais de respeito comigo, pois estava em quadra realizando o meu trabalho. Até o árbitro do jogo precisou intervir, porque o cara não parava de falar. disse o tenista gaúcho, atual número 2 do Brasil e 88 no ranking mundial, para o portal ClickRBS.

Belluci é eliminado

Na madrugada de quarta-feira, outro brasileiro não teve sorte no primeiro grand slam do ano. Número 1 do país, o paulista Thomas Bellucci perdeu para o americano Andy Roddick, sétimo no ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), e acabou eliminado na segunda rodada do Australian Open.

O americano, ex-número 1 do mundo, aplicou 6/3, 6/4 e 6/4, em 2h11m, e avançou à terceira fase do torneio.