A verdadeira praia de Fred é o Maracanã: 3 a 0

Jornal do Brasil

RIO - Surfista nas horas vagas, Fred aproveitou o forte calor do feriado de quarta-feira, no Rio, para mostrar que sua verdadeira praia é o Maracanã. Com dois gols de pênalti, o atacante comandou a segunda vitória do Fluminense no Campeonato Carioca, desta vez contra o Bangu, por 3 a 0. Alan completou o placar. Já o time de Moça Bonita amargou mais uma derrota pelo mesmo placar.

Apesar das dificuldades como o calor, nosso time foi superior. Estamos encontrando nossa força física e técnica, além do entrosamento com quem está chegando disse Fred, feliz por ter marcado os gols. Foi bom porque tirou aquela ansiedade.

O técnico Cuca pediu para os tricolores saírem mais cedo da praia para acompanhar o time na volta ao Maracanã. Mas, aparentemente, as areias levaram vantagem, já que pouco mais de 12 mil pessoas foram ao estádio.

Sofrendo com a alta temperatura, as duas equipes se pouparam no primeiro tempo, trocando muitos passes em ritmo lento. Fred arriscou um chute fraco, de fora da área, aos 11 minutos. O Bangu respondeu aos 13, quando Uillian cruzou e Pepico cabeceou para fora.

Tocando bem a bola, o Fluminense começou a criar chances. Aos 18, Maicon tabelou com Everton, invadiu a área e foi derrubado. Pênalti que Fred, com direito a duas paradinhas, converteu. Foi o primeiro gol do camisa 9 na temporada.

Apesar da desvantagem, o Bangu continuou com a postura defensiva e o Fluminense teve nova chance aos 33 minutos. Após troca de passes na intermediária, Everton fez boa tabela com Mariano e chutou forte. O goleiro Marcos Leandro fez grande defesa. O camisa 1 voltou a aparecer bem aos 39, salvando com a ponta dos dedos um chute cruzado de Maicon.

Com o sol menos intenso, o jogo ganhou velocidade na segunda etapa. Aos 15 minutos, Fred bateu de fora de área e a bola passou perto. Cansado, o zagueiro Cássio foi substituído por Thiaguinho, alterando o esquema para o 4-4-2. O Bangu quase chegou ao empate, aos 17 minutos. Tiano arriscou de longe, a bola desviou na zaga e sobrou limpa para Pepico. O goleiro Rafael impediu o gol com o pé.

O Bangu passou a sair mais para o jogo, mas um novo pênalti impediu uma reação. Aos 23, Conca foi derrubado na área por André Oliveira. Fred, novamente com paradinha, ampliou.

A partir daí, o Fluminense passou a desperdiçar muitas chances, principalmente com Maicon. Aos 26, Conca deu ótimo passe para o atacante, que driblou o goleiro e, incrivelmente, chutou para trás. Aos 37, Mariano deu bonito toque de letra para Maicon, que perdeu na cara do gol.

O Bangu voltou com perigo aos 42, em chute de Marcelo Correa. Mas nos acréscimos, Alan, que entrara no lugar de Maicon, fez boa jogada individual e bateu no canto do goleiro, fechando o placar para o tricolor.

Cuca destaca o bom começo de temporada

Satisfeito com o desempenho do time após mais uma goleada no Campeonato Carioca, o técnico Cuca disse que o Fluminense está no caminho certo para ter sucesso nesta temporada.

Estão todos de parabéns. São dois jogos, com seis gols marcados e nenhum contra. Estamos no caminho certo. A gente vai melhorando com o decorrer dos jogos e treinamentos. Em começo de temporada ninguém vai sair no auge. Vamos melhorando pouco a pouco disse Cuca.

Para o técnico, o jogo contra o Bangu foi retrato do atual estágio do time. Ainda sem a condição física ideal, os jogadores procuraram tocar a bola para driblar o escaldante calor e envolver a defesa adversária.

Entrosamento, a equipe até tem, mas não temos ainda condição fisica ideal. E jogar num calor igual ao de hoje é muito difícil. Jogamos certo de acordo com a temperatura. Não tem ter velocidade nessas condições, então, o time tocou bem a bola e mereceu vencer analisou.

Pés no chão

Depois de mais uma boa atuação com a camisa tricolor, o volante Everton descartou qualquer euforia pelo bom começo de campeonato.

Jogamos com a mesma seriedade da estreia, e será assim no próximo jogo. Temos que manter os pés no chão, não ganhamos nada ainda colocou Everton.